Compartilhar

Hoje em dia, cada vez mais pessoas estão percebendo que dá pra saber muito mais de uma pessoa pelos seus perfis em redes sociais do que numa balada, por exemplo. Na internet além de fotos, você consegue sondar um pouco sobre os gostos da pessoa, sobre suas ideias e preferências. E aí vai ter sempre alguém usando argumento da tia antiga que insiste em dizer: mas quem te garante que a pessoa não está mentindo? E eu rebato: quem te garante que aquele cara simpático que acabou de conhecer num bar também não está contando um monte de mentiras pra te impressionar?

No entanto, mesmo que a internet seja um lugar bem interessante para encontrar pessoas legais, é preciso sair do mundo virtual para que algo realmente aconteça. Relacionamentos que se constroem por trás de uma tela muito provavelmente estão fadados ao fracasso cedo ou tarde, porque nem a rede mais rápida do mundo da conta de transmitir as sensações do toque, do beijo, do calor do outro, de uma conversa olhando nos olhos, etc.

Sobre a segunda parte da sua pergunta, tempos atrás perguntamos para os nossos leitores quais os tipos de coisas que eles mais reparam nos perfis das redes sociais de um potencial pretendente. Com as respostas, montamos um guia que pode ser de grande utilidade pra você:

No que as pessoas mais reparam nas redes sociais dos pretendentes:

– No estilo das fotos

As fotos estão no primeiro lugar do rank das coisas em que as pessoas reparam nas redes. Fotos que mais queimam o filme são aquelas famosas em frente ao espelho ou aquelas com cenário tosco no fundo, tipo toalhas no varal ou a pia da cozinha. Muitas fotos de balada, principalmente aquelas onde o sujeito faz questão de mostrar que está bebendo horrores, também fazem fazem o nível de interesse cair bruscamente. Fotos em trajes de banho (a não ser que a pessoa seja A gostosa) também não são bacanas, assim como as fotos no mode “piriguete”.

– Se ela assassina a gramática

Os estupradores da gramática também causam péssima impressão. Uma frase do tipo “Nossa, TÔ ATRAZADO” faz com que a maioria das pessoas automaticamente fechem o seu perfil e não queiram voltar nunca mais. Gente que fala “Nuss, ki kalor!”, também entram na lista dos forever alone.

– No círculo de amigos

A pesquisa demonstrou que o círculo de amigos também é um fator que influencia bastante na análise do perfil. Pessoas primeiro reparam se têm amigos em comum (se o amigo em comum for uma pessoa que ela odeia, menos um ponto para você) e qual o “estilo” dos amigos mais próximos, o que fazem etc. Ou seja, se se tratar de um stalker profissional, a análise de perfil acaba sobrando até para os amigos, o que significa que se seu melhor amigo colocou aquela foto dele de sunga branca na praia, virando uma 51, melhor dar um toque pra ele.

– No status do relacionamento

Mudança no status do relacionamento no Facebook é uma das ações que mais gera comentários e likes, dependendo do caso. Tem gente que prefere não expor a vida sentimental para todo mundo e, mesmo sendo compromissado, não menciona o tatus do seu relacionamento no seu perfil. Essa também costuma ser uma forma de não espantar possíveis pretendentes para um plano B ou para aquela pulada de cerca.

– Se ele fala de tudo o que fez no dia

Bom dia.” “Indo para a facul.” “Trâaaaaaaaaaaaaaaansito.” “Hmmm, cafezinho no Starbucks, delícia.” “Aff, comi muito hoje.” “Saindo do trampo, finalmente.” “Chegando em casa depois de um dia cheio.” “People, fui, to indo dormir que amanhã o dia é pesado.” Se você acha que sua vida é tão interessante a ponto de postar um roteiro diário das suas atividades, você provavelmente é odiado pelos seus seguidores ou amigos. Isso é se ainda sobrou alguém com sangue de barata para aguentar seu boletim diário de coisas inúteis.

– Nas notícias que ela compartilha

Gente que só compartilha bobeira, frases clichês, status de jogos e coisas do tipo, além de poluir a timeline dos amigos, afasta possíveis pretendentes. Há pessoas que, numa necessidade de parecer interessante e informado, compartilha qualquer besteira, o que acaba tendo efeito contrário.

– Na foto do perfil

Pessoas que usam imagens de desenhos animados ou que simplesmente não colocam foto nenhuma no avatar.

– Se ele curte o o próprio status

Pessoas que são caridosas com elas mesmos nas redes sociais irritam. Ela posta algo que ninguém curtiu e dá um like de honra só para não ficar feio.

– Se ele faz parte do time das pessoas hashtag

Pessoas que não sabem o limite das coisas e passaram a se comunicar mais por hashtags do que com expressões de gente normal. “Tô cansada hoje. #cadêfimdesemana?” “Fim de dia delicioso com as amigas queridas! #amominhasamigas #friendsforever #suaslindas” “Nossa, não consigo passar de fase no Angry Birds #frustraçãomodeon”. Tem gente que se esquece que hashtags são muito úteis em redes sociais como twitter ou instagram porque facilitam busca por aquele termo. No Facebook, por exemplo, não há utilidade para elas.

– Se a pessoa é poser

Gente que não se aguenta de tanto egocentrismo e posta fotos suas o tempo todo pras pessoas aprovarem. O pior é que não há nada de diferente ou interessante na foto – é a apenas a pessoa mesmo, querendo confetes e se achando linda.

fonte: casalsemvergonha.com.br

Comments

comments

Compartilhar

Deixe uma resposta